sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

O gato que joga xadrez



Chama-se iCat e nasceu no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento do IST de Lisboa. Criado com a ajuda de parceiros da Alemanha, Polónia, Reino Unido e Hungria, este robô felino é perito em xadrez.

De cor amarela e com expressões faciais, o gato electrónico consegue adaptar-se a diferentes níveis de competição do adversário e antecipar as próximas jogadas. Como se não bastasse, o iCat sorri quando o jogo lhe é favorável, mudando de emoção conforme a situação da partida.

Mas os investigadores ainda não estão totalmente satisfeitos e pretendem desenvolver a memória do bichano robótico, de modo a que seja capaz de recordar as pessoas com quem jogou e adaptar essas memórias ao nível do adversário.

Nos próximos três anos e meio (tempo que falta para o desenvolvimento do projecto) os cientistas planeiam levar o iCat até aos computadores portáteis. A chegada ao mercado deste companheiro de xadrez não tem ainda uma data marcada.

2 comentários:

Gata Lili disse...

Gary Kasparov que se cuide...

GatosMania disse...

Não é Xadrês é o jogo do Galo ...