segunda-feira, 7 de abril de 2008

Sylvester

Photobucket
Sylvester J. Pussycat é uma personagem da Looney Tunes que ficou famosa com a série de desenhos animados Sylvester and Tweet (Silvestre e Piu Piu) e que ganhou três Óscares da Academia.
O seu nome deve-se a uma brincadeira com a palavra “silvestris” (de Felis Silvestris Catus, o nome científico para gato doméstico).
Sylvester é um gato com normalíssimas necessidades alimentícias e apenas deseja cumprir a cadeia alimentar, pelo que persegue o passarinho Tweety e o ratinho mexicano Speedy Gonzalez. Porém, ele não tem grande necessidade de os comer, uma vez que a sua dona, a avó, o trata muito bem e o deixa sempre bem alimentado. Ou seja, a questão é sobretudo orgulho felino em nunca desistir. Mas Sylvester nunca consegue levar avante a sua pretensão e acaba sempre por perder a “batalha” no final dos filmes.
Sylvester, criado por Friz Freleng apareceu em mais de 90 filmes de animação da Looney Tunes e da Merrie Melodies, feitos entre 1945 e 1966. Estreou-se em “Life With Feathers” (1945). Apareceu com Tweety, pela primeira vez, em 1947 e com Porky Pig, em 1948.
Friz Freleng desenhou Sylvester de modo a que ele se parecesse com um palhaço, daí o nariz vermelho.
O filho de Sylvester é Sylvester Jr. e o pai tenta ensinar-lhe a arte de caçar canários e ratos. Mas sai-se sempre mal, o que só contribui para aumentar as já muitas frustrações deste pobre gato.
Sylvester tem também um problema de dicção, que o faz falar cuspindo. O actor Mel Blanc, que fazia a sua voz (e a de muitos outros personagens da Looney Tunes) tornou-o inconfundível com a frase "Sufferin succotash!"... Outras frases típicas de Sylvester eram "Ahhhhhh Shut Up!", ou "I'm a cat… I think....Meow!....Yep! I'm a cat!!!".
Mel Blanc dizia que a voz de Sylvester era baseada na de Daffy Duck, mas desacelerada. Diz-se que as falas de Sylvester e de Duffy Duck foram inspiradas no produtor Leon Schlesinger, facto que Mel Blanc nunca confirmou.
A Western Publications produziu livros de Banda Desenhada com Tweety e Sylvester intitulados “Tweety and Sylvester” nas séries Dell Comics Four Color, Dell Comics e Gold Key Comics (1963-72).
Mais informações, no site da Warner Bros.



Oscar para melhor curta animada 1958

2 comentários:

Lolló disse...

Morro de pena do Frajola (de onde saiu esse nome?) e torço para que um dia ele ainda dê cabo do Piu-Piu. Passarinho mau.

Luís Graça disse...

Antes de ir para a cama, agora já quase com o sol a nascer, apanho estes desenhos animados no Cartoon Network. E não cesso de me espantar com o génio de Friz Freleng e de Mel Blanc.