domingo, 10 de fevereiro de 2008

Os gatos e os escritores


Desde sempre se teceu considerações filosóficas sobre a relação entre escritores e gatos. A verdade é que muitos escritores adoptaram os gatos como seus companheiros de silêncio e de escrita e adoram falar deles, de escrever sobre eles, de transformá-los em personagens das suas histórias ou de escrever poesia sobre eles. Talvez a atracção entre escritores e gatos seja mútua. Os gatos gostam dessa companhia silenciosa, os escritores de, no acto solitário de escrever, terem a presença física dos seus gatos. A verdade é que os gatos gostam de livros, de bibliotecas, de estantes, do som do teclado dos seus donos.
Na edição de 5 de Fevereiro da Time Out a escritora Hélia Correia (outra amante destes animais de estimação) fala-nos um pouco dessa simbiose entre gatos e escritores. Um testemunho que ajuda a explicar o amor livre e sincero que os gatos têm pelos seus donos escritores. E os escritores por eles. Pode ler-se aqui.

2 comentários:

AllenGirll disse...

Concordo, claro.

E assino por baixo!

Quantas vezes as minhas meninas adoram saltar para cima do meu portátil! Já lhes perdi a conta!

Nessas vezes, estão um pouco ciumentas e querem a mesma atenção que dou às teclas... :P


Kiss

Luís Graça disse...

Atenção, que a Hélia sabe muito bem os "cromos" que os gatos são...