sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Companheiros improváveis

© The News Herald

Fazer amigos é uma excelente ajuda no tratamento de estados depressivos. Que o diga Tonda, um orangotango fêmea de um zoo da Florida. O símio sentia-se só depois da morte do macho até ao dia em que Stephanie Willard, uma das funcionárias do parque teve uma ideia. Já que devido aos 45 anos do animal introduzir outro orangotango era impossível, que tal um gato? Foi assim que surgiu T.K. (diminutivo de Tonda´s Kitten, em português o Gatinho de Tonda). Willard percebeu que o felino de um ano era perfeito para fazer companhia à orangotango e o resultado está à vista na foto. Segundo a responsável por esta parelha improvável, o símio age como uma mãe super-protectora e T.K. retribui com o carinho de uma cria. “Tonda parece vinte anos mais nova”, declarou Stephanie Willard em entrevista à CBS.

1 comentário:

Luís Graça disse...

Os orangotangos são bastante sociáveis. Quem não se lembra do orangotango dos filmes do Clint Eastwood?